quinta-feira, 6 de outubro de 2011

SEDUM SPECTABILE ( SEDO )


Do género crassulaceae, esta espécie de suculenta apresenta-se em centenas de variações. Caules e folhas são carnudos. Atinge uns cinquenta a sessenta centímetros de altura e carece de ser apoiada. Os nossos sedos estão (demasiado) à sombra de árvores e arbustos mas mantêm-se muito vistosos e são pródigos em floração. As fotografias são da mesma planta e a última foi tirada ontem ao fim da tarde.


Como estão à sombra tendem a tomar a posição horizontal à procura dos raios directos do sol. Em contrapartida as folhas são de um verde mais escuro. 


Estas inflorescências são lindíssimas como se vê. As flores rosadas abriram totalmente no verão para regalo dos insectos polinizadores. Noutros sedos as flores são mais avermelhadas. Prefiro as minhas porque casam bem com o branco dos botões.


O sedo multiplica-se facilmente por estaca a efectuar por esta altura ou pelo destacamento de um caule com raízes.


Nesta fase dão as suas sementes. O frio e as geadas que se avizinham queimarão caules e folhas. Nessa altura ou mesmo antes quando os caules secarem, cortam-se pela base. Na primavera seguinte, rebentarão os brotos, o sedo toma forma e rapidamente atinge o seu máximo de altura.

Sem comentários:

Publicar um comentário