sexta-feira, 1 de julho de 2011

CRAVOS TÚNICOS


É tempo de cravos túnicos. Os nossos são obtidos por sementeira a partir de Março com sementes que recolhemos todos os anos.


Resultam sempre bem em maciços. Mas combinados com cores de outras plantas, melhor ainda.   


Vale a pena observar os pormenores: dos simples e dos dobrados, dos mais em amarelo e dos mais em laranja, dos estames mais salientes ou mais discretos, altos e anões, um nunca mais acabar.


         Os pintassilgos também os apreciam muitíssimo ...


                                      Dobrado.



Usamos os cravos túnicos também junto das culturas hortícolas: tomateiros, pimentos, feijoeiros, etc, como repelente de insectos, como vi fazer há anos em França.  Da sua eficácia como repelente não posso falar, pois não sou  capaz de a medir. Mas lá que os canteiros ficam mais coloridos, isso ficam. E já não é pouca coisa.
Temos muito mais para mostrar destas plantinhas, também conhecidas noutras terras por cravos da índia e na Madeira por cravos de burro... Fica para a próxima.

1 comentário: